29 de junho de 2009

O Visual que agrada a Deus

Oi gente... eu estava muito tempo sem aparecer por aqui... porque eu tenho estudado bastante. A rotina que o vestibular nos impõe é muito corrida, estressa, rouba o nosso tempo. Enfim. Mas hoje eu pude dar um tempo e deixar um post.
Gostaria de falar sobre uma coisa que tem me incomodado muito: o visual. Ultimamente eu tenho visto muitas coisas acontecerem dentro e fora de igrejas em relação ao exterior das pessoas. Muito preconceito, muita preocupação com roupas, tatuagens, piercings, entre outras coisas que geram polêmica no meio evangélico. E sinceramente, muitos tem perdido a chance de viver uma vida em Cristo por não serem abraçados da maneira que são para aí sim haver um mover e uma transformação.
Se alguém entra numa igreja vestido diferente - com um estilo variado (emocore, hip hop, funk, etc) - as pessoas já olham para ele de cara feia, pensando: o que alguém como ele está fazendo aqui? Ele deveria estar lá fora com o grupinho dele. Jesus não aceita ninguém que se vista assim...Errado! Parece que as pessoas esquecem que nós somos vistos  com os olhos de Deus, e eu posso garantir que Ele não coloca  essa importância no nosso exterior ao nos olhar. Ele olha para  o nosso coração. Não acho correto você usar um tipo de  roupa por influência da "modinha do momento", ou porque  estão usando na novela... mas quem sou eu para julgar a  intenção de cada um ao se vestir? Acredito que conforme o  amor de Deus vai crescendo em nós, mais sentimos a  necessidade de agradar a Deus, e mais temos a visão do que  agrada a Ele. Por isso não é preciso dizer a ninguém que sua  roupa não condiz com a vida cristã, ou que ela não pode permanecer daquele jeito.
Essa atitude dos cristãos não vem só de adultos e idosos, mas surpreendentemente tem vindotambém de jovens e adolescentes, como eu e como você. Como podemos orar pela conversão de nossos amigos não-crentes se recebemos mal aqueles que tem a coragem de vir até a igreja, buscando encontrar braços estendidos (como os braços de Cristo) para recebê-los? Não podemos agir dessa forma. A Bíblia nos diz em Mateus 7: 1-3 : "Não julgueis, para que não sejais julgados. Porque com o juízo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós. E por que reparas tu no argueiro que está no olho do teu irmão, e não vês a trave que está no teu olho?" Como podemos julgar alguém a ponto de dizer que ele não poderia estar na casa do Senhor? Se você não leu a passagem acima eu repito, da mesma maneira que você julgar o próximo Deus julgará você! Acho que nós não fazemos ideia do que isso quer dizer. Ainda em Mateus 7 mas no versículo 12 Jesus nos diz: "Portanto, tudo o que vós quereis que os homens vos façam, fazei-lho também vós, porque esta é a lei e os profetas." Imagine se você chegasse na igreja, casa do Senhor, e te julgassem assim... Vamos abraçá-los e mostrar o verdadeiro e único caminho que é Jesus Cristo!!!
Em Jeremias 23 Deus fala sobre isso. Recomendo a todos que tirem um tepinho para ler esse capítulo e entender o contexto, mas deixo o versículo 1 aqui: "Ai dos pastores que destroem e dispersam as ovelhas do meu pasto, diz o SENHOR."
Vou parar por aqui... esse assunto pode se estender bastante. Talvez eu aprofunde um pouco mais esse assunto qualquer outro dia. Mas vamos meditar nisso, em abraçar a todos os nossos irmãos, sem preconceitos e sem falsidade. Oremos para que Deus coloque mais do Seu amor em nós e para que possamos praticá-lo.
Com o amor de Cristo, Parecida com Jesus.


9 de junho de 2009

Amando Oferecer

Esse final de semana que passou, eu vi um filme chamado Prova de Fogo. É um filme que trata sobre restauração de casamentos. No filme inteiro uma frase me chamou a atenção. A frase era (ou pelo menos eu acho que era) "amar é você fazer algo de bom a uma pessoa, carinho, atenção sem esperar nada em troca". Lembrei-me então de um versículo que fala mais ou menos isso que está lá em 1Coríntios 13.5 que fala assim:
“...(a caridade) não se porta com indeiscência, NÃO BUSCA OS PRÓPRIOS INTERESSES, não se irrita, não suspeita o mal...”
(ênfase minha)

Eu acho essa parte que fala sobre o amor(ou caridade) muito interessante, mas quero destacar essa parte “...não busca os próprios interesses...”, guarde essa frase no seu coração, o “O amor não busca os próprios interesses”.
Você dado momento deve ter: “Será que ele vai falar de Relacionamentos?” Pra você que se perguntou, responderei agora. Sim, falarei sobre relacionamento, mas sobre o nosso relacionamento com Deus. Apesar de sabermos que o amor não busca os próprios interesses(eu vou repetir essa frase pra que vocês possam memorizá-la, rsrsrsrs), quantas vezes recorremos a Deus em busca de nossos interesses? Normalmente paramos para ora, cantar um louvor quando não estamos em uma situação muito legal e queremos conforto ou renovo de Deus, ou então, quantas vezes quando temos o costume de separar um tempo para Deus todos os dias(quem não faz isso deveria fazer), entramos no nosso secreto com Deus(para quem não sabe o nosso secreto com Deus, é o lugar onde ficamos a sós com Deus, seja nosso quarto, sala, cozinha ou banheiro)só para buscar experiências com Deus. Queremos sentir, chorar, ver e ouvir, e quando isso não acontece ficamos frustrados achando que nada aconteceu, ou que não foi proveitoso, que Deus não tava ali. Buscamos os nossos interesses até espiritualmente. Agora você que está satisfeito com a sua vida espiritual, e acha que nada disso tem alguma coisa com sentido, ou que isso não se aplica a você, o post acaba aqui. Agora quem quiser mudar isso(como eu também quero) continue lendo o post(não se arrependerá,rsrsrsrsrs)
Quem tiver saindo
Fiquem com Deus
Parecido Com Jesus
 Você que continuou lendo o post, meu amigo(ou amiga) vou te contar algo. Temos que parar de nos preocupar com experiências e nos prender a oferecer algo para Deus sem querer nada em troca. Temos que ter nosso momento com Deus, não esperando receber, mas querendo oferecer a Deus o que você tem, seja um louvor, seja sua vida, seja seu tempo para poder estar bem pertinho dele, seja seu coração. Quando nos preocupamos em oferecer algo para Deus e não em receber, parando de nos preocupar com experiências, sairemos do nosso secreto com Deus não mais com a sensação d que nada aconteceu, mas com a sensação de que pudemos oferecer a nossa sinceridade pra Deus, aquilo que estava em nosso coração. Que a cada dia possamos viver para agradar a Deus e não a nós mesmo, amar a Deus a ponto de não buscar os nossos interesses mas a sua vontade.
Antes de terminar, pessoal peço desculpas pelo nosso jejum de post. Muita coisa pra fazer, sabe como é né? Pessoal, atenciosamente pedimos que vocês que visitem comentem para que possamos saber a opnião de vocês com relação a palavra e ao blog, para que possamos estar nos aperfeiçoando. Você que queira também deixar entrar em contato conosco deixe seu MSN(Pode deixar que nós não deixaremos a amostra, garantiremos sua privacidade,rsrsrsrs)Muito obrigado pela compreensão.
Atenciosamente e Em Cristo
Parecido Com Jesus


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

DESIGN BY:


Blog desenvolvido por Isabela Cacique.